Entenda as possibilidades do plástico e materiais moldáveis na indústria automobilística

Entenda as possibilidades do plástico e materiais moldáveis na indústria automobilística

Você conhece todas as possibilidades que o plástico e materiais moldáveis apresentam na montagem de veículos? Então, entenda melhor essas aplicações e suas vantagens!

O uso do plástico e materiais moldáveis modificou para melhor a fabricação de automóveis. Dessa forma, as inovações de polímeros de alto desempenho — aqueles que apresentam alta resistência a impactos, a altas temperaturas e a substâncias corrosivas — trouxeram soluções para diferentes problemas enfrentados na indústria automotiva.

Neste artigo, você vai entender melhor as vantagens e as possibilidades que o plástico trouxe para a fabricação de peças para veículos.

Quais os diferentes usos do plástico e materiais moldáveis na fabricação de automóveis?

Ao longo dos anos, o plástico foi se tornando uma matéria-prima comum nos veículos, substituindo o metal em diversos componentes. Afinal, a perspectiva é que esse aumento continue se perpetuando. Afinal, a realidade hoje é que a indústria plástica se tornou uma grande parceira do setor automotivo.

O plástico e materiais moldáveis estão presentes em diversos partes do veículo: volante, bancos, painéis, forros para o teto, encosto para cabeça, calotas, para-choques, para-barros, espelhos e até mesmo acabamentos de componentes que demandam elevada resistência a impactos e a altas temperaturas.

Considere alguns tipos de resinas plásticas e suas principais aplicações:

Quais as possibilidades do plástico e materiais moldáveis na indústria automotiva?

O avanço das novas tecnologias aplicadas à fabricação de plástico garantiram muitas vantagens para os veículos. Então, considere alguns desses ganhos.

Redução de peso

Existe uma grande tendência para alcançar maior redução de peso na composição do veículo. Isso porque garante uma eficiência maior no consumo de combustível. Se o consumo é menor, existe uma consequente redução na emissão de GEE (Gases de Efeito Estufa), como o CO².

Existem até plásticos especiais que conseguem substituir o metal utilizado nas rodas, reduzindo em até 30% o peso do componente. Afinal, isso sem perder em nada resistência e desempenho.

Maior durabilidade

A grande preocupação dos usuários quanto ao plástico na montagem de veículos está na durabilidade e resistência dos materiais. No entanto, esses novos produtos plásticos são muito mais duráveis, diminuindo a demanda por peças de reposição.

Design sofisticado

O plástico é um material muito versátil. É possível criar designs bem sofisticados e modernos. Por fim, comparado ao metal, as possibilidades são muito maiores, e os meios de produção e matéria-prima mais acessível e barata.

O que podemos esperar do futuro do plástico na indústria automotiva?

As perspectivas para a atuação da indústria de plásticos e moldáveis no setor automotivo são muito animadoras. Sendo assim, com a pegada da sustentabilidade e os ganhos de eficiência energética trazidos pelo plástico, a tendência é que ele seja cada vez mais adotado na montagem de veículos.

Vale ressaltar também que o avanço nas vendas de veículos elétricos deve impactar o consumo de polímeros de forma muito positiva. Dessa forma, os carros elétricos demandam uma eficiência muito maior, de forma que uma construção mais leve será ainda mais necessária para uma maior eficiência no consumo de energia.

As possibilidades de uso do plástico e materiais moldáveis na indústria automotiva são muitas. Além disso, já trouxeram muitas vantagens para os veículos, que são agora muito mais eficientes e sustentáveis.

Conheça nossas principais soluções em plásticos! Então, assine nossa newsletter para ver mais conteúdos como esse!