A Luma Plásticos também faz a produção de peças através da “engenharia reversa”, processo no qual possui larga experiência e equipe capacitada.

A engenharia reversa é um processo pelo qual o design de um produto é analisado ou recriado a partir de uma peça física (plástica, fibra, metálica, etc.) como ponto de partida.

É feita a análise técnica do produto ou projeto do cliente entendendo suas necessidades, seja através da peça, desenhos ou modelos matemáticos 3D (caso existam), requisitos, especificações, volumes, aplicação, etc.  Com estas informações, a Luma pode sugerir os processos, materiais ou alternativas para atender a demanda.

Em seguida são desenvolvidos os modelos padrões (utilizando a peça física) e posteriormente os moldes, podendo ser molde mock-up (provisório para poucas tiragens de peças) ou definitivo (para a produção). A partir dos moldes, tiram-se as peças protótipos/ amostras, lote piloto ou de produção, no qual o cliente pode testar, avaliar e validar antes da entrada em produção. Com isso chega-se num produto final igual ao trazido pelo cliente.

Uma outra opção na engenharia reversa oferecida pela Luma, é que a peça física pode ser digitalizada em 3D com o uso de scanners, criando assim o arquivo matemático 3D. Com este arquivo, é usinado o modelo padrão e posteriormente fabricado o molde.

Confira aqui a nossa metodologia de trabalho.